Sem categoria Tiago Simoes

5 Técnicas Essenciais Para um Planejamento Financeiro

5 Técnicas Essenciais Para um Planejamento Financeiro

Muitas empresas deixam de ganhar dinheiro por não saber controlar suas finanças. Parece irreal esse quadro, mas é a pura verdade. Imaginar estabelecimentos com descontrole de suas contas parece difícil, mas é bem comum empresas não terem um planejamento financeiro.

Sem planejamento financeiro não se chega a lugar nenhum. A base de sustentação de pequenas, médias e grande empresa é o lucro. E se não sabe nem quanto gasta, como conhecerá a margem de lucro?

Descontrole na emissão de notas fiscais e boletos, ou não conseguir acompanhar a quitação das faturas em aberto é um dos problemas mais recorrentes. Vamos conhecer 5 técnicas essências que darão a sua empresa o planejamento financeiro adequado para resolver questões como essa.

# 1 – Levantamento da situação atual da empresa

Com a empresa já em operação, o empreendedor não terá como partir do zero com seu planejamento financeiro. Então, precisará conhecer a real situação financeira de sua empresa. E isso não se limita apenas a revisar o livro caixa. Essa análise vai bem além. O levantamento buscará, inclusive, informações do mercado, para entender qual o papel da empresa no segmento que atua.

Depois claro, realizar uma espécie de inventário financeiro. Ver com a equipe contábil todas as pendências fiscais, por exemplo. E criar programação para quita-las.

Já deve ser apontado no planejamento financeiro, os outros períodos de balanço fiscal, para que débitos seja com o fisco ou fornecedores não se arrastem por muito tempo.

# 2 –Implantação de sistemas de controle

Após o inventário financeiro realizado, não vale mais deixar informações soltas, chegou a hora de implantar um software de controle financeiro. Existem modelos que unem operações corriqueira como emissão de nota fiscal, a partir do banco de dados cadastros pela empresa.

Com sistemas assim, sua empresa poderá conciliar desde o processo de venda até a emissão do boletos de cobrança. Tudo em tela, e diariamente poderá emitir relatórios financeiros mostrando o que foi quitado, ou o que continua em aberto.

Com esse tipo de tecnologia, o empresário poderá acompanhar muitas áreas além das finanças, tais como: entrada e saída de produtos do estoque, lista de orçamentos, vendas realizadas, cadastro dos clientes, formato de contratos, entre outros.

# 3 – Conheça seus custos

Com sua estrutura financeira revista, parte-se para etapa de conhecer a fundo seus gastos. Quais são os custos fixos e custo variáveis que mais afetam o orçamento da empresa? É possível controla-los, e até mesmo elimina-los? Novamente questões que precisam ser respondidas para atender o planejamento financeiro.

Conhecidos os custos, fica mais fácil agora saber sua capacidade produtiva, ou seja, quando a empresa lucra. E onde pode mexer para potencializar ainda mais o faturamento.

É a forma que muitas empresas encontram para enfrentar a concorrência. Não podem aumentar o valor de seus produtos ou serviços, mas precisam lucrar mais, o caminho é reduzir custos internos. E isso é parte integrante de qualquer planejamento financeiro que for montado.

Não deve ser desconsiderado o menor dos custos: consumo de papel, energia, tempo de execução dos serviços, valor de embalagens, etc., qualquer ponto que possa ser melhorado e diminuir os custos operacionais.

# 4 –Plano de ação

Um planejamento financeiro é criado para ser colocado em prática. Ele não pode se limitar a um relatório do que precisa ser feito. As outras etapas certamente poderão fazer parte dele, porém, outras coisas precisam ser traçadas para atingir o objetivo do planejamento financeiro.

Um plano de ação deve ser criado, visando quais são os prazos das estratégias que serão utilizadas para reduzir os custos, por exemplo. Nesse plano pontos como:

– Quais metas devem ser atendidas

– Quais setores estarão incumbidos de participar do planejamento

– Forma de registro das ações realizadas

– Cronograma das ações

Precisam constar no plano de ação.

# 5 – Considere buscar assessoria

Empresas em desenvolvimento que buscam desenvolver e aplicar um planejamento financeiro, devem considerar contratar uma consultoria empresarial e financeira. Essas assessorias são experimentadas, e terão muitas ferramentas para tornar o processo ágil.

Com ampla network, abrirá os horizontes de sua empresa, e consolidará as implantações dos programas de controle financeiro, por exemplo.

Um investimento válido para quem precisa organizar a empresa, e evitar prejuízos constantes. Considere nossas sugestões, e boa sorte nos negócios.

* Esse é um artigo feito pela Gestão Click

5 Técnicas Essenciais Para um Planejamento Financeiro
5 (100%) 1 voto

Sobre o autor | Website

Trabalho com marketing há mais de 10 anos e adoro as novas tecnologias. Se você quer aprender a ganhar dinheiro de verdade, inscreva-se no meu curso gratuito clicando aqui e pare de correr atrás de soluções mágicas que só fazem com que você perca tempo e dinheiro. Você aprenderá a ganhar muito dinheiro trabalhando com internet marketing, marketing de rede e programas de afiliados.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!