Desenvolvimento Pessoal Empreendedorismo Tiago Simoes

É Possível Ter Sucesso na Vida Mesmo Se Você Fez Faculdade?

Frequentar uma faculdade por ser até mesmo uma barreira para o seu sucesso como empreendedor, pois não existe quase base prática para seu aprendizado.

É Possível Ter Sucesso na Vida Mesmo Se Você Fez Faculdade?

Calma ai! Sei que muitos vão ler o título desse artigo e vão achar que cometi algum erro.

Mas não se preocupe porque já explico o motivo que me levou a escrever sobre esse assunto.

É o seguinte…

Boa parte das pessoas que entram em contato comigo para falar sobre empreendimentos, negócios online, marketing digital, marketing de rede e coisas relacionadas, acabam sempre dizendo algo do tipo:

“Mas sabe o que é Tiago, eu não tenho muito estudo e nunca coloquei os pés em uma faculdade. Será que vou conseguir ganhar dinheiro e ter sucesso como empreendedor?”

E a resposta que normalmente dou a essas pessoas é: Sim, você pode ter sucesso. Aliás, tem enormes vantagens sobre aqueles que frequentaram uma faculdade.

Por que sou contra as escolas?

Veja bem, eu sou um eterno defensor da necessidade do ensino constante, mas um crítico do sistema de ensino que impera hoje nas escolas.

Boa parte do que é ensinado às nossas crianças não tem aplicação prática na vida real.

Para mim, é estupidez achar que alguém está preparado para a vida porque decorou os nomes das capitais do Brasil e o nome de alguns rios ou então porque sabe usar a fórmula de Báskara com maestria.

É sério, pra mim chega a ser engraçado.

Com o avanço da internet as escolas deveriam levar em consideração que o conhecimento está a poucos cliques de qualquer pessoa.

Quer saber quem foi o sexto presidente do Brasil?

Então peque o seu celular e pergunte ao Google.

Ninguém precisa mais ficar decorando essas coisas.

Mas o que mais me aborrece é que os conhecimentos que são realmente importantes para a vida são deixados de lado.

E a situação não é nada diferente quando olhamos os conteúdos das faculdades.

Aqui estão algumas coisas que eu nunca aprendi na escola e que gostaria de ter aprendido:

  • Como ganhar dinheiro
  • Como vender
  • Como argumentar
  • Como empreender
  • Como ter um pensamento crítico

Sobre o primeiro item, que é como ganhar dinheiro, acho o mais bizarro de todos.

O cara fica lá estudando mais de 15 anos de sua vida e sai da escola e da faculdade SEM A MENOR NOÇÃO do que fazer para ganhar dinheiro.

Eu não sei você, mas acho que saber isso é importante para a vida, não acha?

Na verdade, a escola de hoje ensina a mesma coisa que já vinha ensinando há dois Séculos: como criar empregados.

Não sei se você sabe, mas as escolas como temos hoje surgiram para suprir o mercado de trabalho com mão de obra para as fábricas.

Elas nunca ensinaram empreendedorismo e autonomia às crianças, porque isso era contra os interesses da época.

E continua sendo até hoje.

É claro que o entendimento do que é “sucesso” é relativo e tem significados diferentes para cada pessoa.

Muita gente tem o sonho de passar em um concurso público por exemplo.

Nesse caso, se a pessoa estudar e conseguir o que ela quer, podemos dizer que ela teve sucesso.

Mas não é sobre isso, obviamente, que estou me referindo nesse artigo aqui.

Minha mensagem é para aquelas pessoas que querem ter o seu próprio negócio através de ações empreendedoras, conquistar a independência financeira e servir da melhor maneira as pessoas.

O mercado não está nem ai para seus estudos

Sabem quem não liga a mínima para quantos diplomas você tem pendurado em sua parede?

O mercado.

As pessoas só querem saber de basicamente duas coisas:

  • Os produtos e serviços que você oferece são bons?
  • Você tem um bom preço?

É isso.

Se você não tem muito estudo, mas tem um negócio que oferece bons produtos e serviços a bons preços, você vai chutar a bunda de muita gente por ai com doutorado em marketing, administração e sei lá mais o que.

Quem manda e quem diz se você terá sucesso é o consumidor.

É por isso que boa parte dos grandes empresários mundiais são compostos de pessoas que nunca fizeram uma faculdade.

Algumas nem chegaram a terminar o ensino básico.

Mas conseguiram erguer verdadeiros impérios porque o foco estava em atender bem os consumidores.

Aliás, segundo a InfoMoney, quase metade dos bilionários brasileiros não têm diploma universitário.

Garanto pra você que essas pessoas não fazem a menor questão de pisar em uma faculdade.

Alguns nomes de empreendedores desse tipo que eu recomendo você conhecer melhor são:

  • Samuel Klein
  • Mark Zuckerberg
  • Steve Jobs
  • Bill Gates
  • Silvio Santos
  • Flávio Augusto da Silva
  • José Alencar
  • Geraldo Rufino

Como empreender e ter sucesso então?

Essa é uma pergunta complicada de responder, porque envolve vários fatores, mas tudo começa com o estudo do mercado que você pretende atuar.

É preciso saber se existe demanda para os produtos e serviços que você pretende oferecer às pessoas.

Depois de saber disso, é preciso focar em aprender tudo o que for necessário sobre gestão e marketing.

Por incrível que pareça, não é difícil de você aprender essas coisas, se estiver realmente apaixonado pelo seu negócio.

E claro, aquilo que você estiver vendendo precisa ter uma qualidade acima da média, senão você não terá um negócio duradouro.

No meu ponto de vista, da maneira como estão hoje, nem as escolas fundamentais e nem as faculdades preparam as pessoas para a vida e muito menos para terem sucesso como empreendedoras.

Mas e você? O que acha?

Deixe seu comentário logo abaixo pra eu saber sua opinião sobre esse assunto.

É Possível Ter Sucesso na Vida Mesmo Se Você Fez Faculdade?
4 (80%) 1 voto

Sobre o autor | Website

Trabalho com marketing há mais de 10 anos e adoro as novas tecnologias. Se você quer aprender a ganhar dinheiro de verdade, inscreva-se no meu curso gratuito clicando aqui e pare de correr atrás de soluções mágicas que só fazem com que você perca tempo e dinheiro. Você aprenderá a ganhar muito dinheiro trabalhando com internet marketing, marketing de rede e programas de afiliados.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

6 Comentários

  1. Muito Bom Tiago eu concordo com você,eu quando estudava não aprendia a ganhar dinheiro mais coisas que em minha opinião é bom,mais o que nós aprendemos na escola é a ler escrever,na faculdade tem muitas pessoas que tem sucesso,outras não mais isso não nós da a liberdade financeira,mais nos prepara para arruma um emprego.Parabéns pelo artigo gosto muito de ler seus artigo.

  2. Tiago Simoes disse:

    Obrigado pela contribuição José Veridiano!
    Como eu mencionei no artigo, o sucesso é um assunto muito subjetivo.
    Se alguém faz faculdade de direito e tem como sonho se tornar um advogado, então quando ele se forma ele consegue atingir o sucesso.
    A questão maior que quero levantar é com relação ao empreendedorismo.
    De uma forma em geral, escola alguma dá informações sobre como a pessoa pode ter sucesso no setor dos negócios.
    Agradeço por sempre acompanhar meus conteúdos 🙂
    Abração pra você.

  3. Opa meu amigo Tiago!!! Tudo bem com você???

    Concordo com você quase 100%…

    1º parte) Acho um pouco radical dizer que a faculdade não serve de nada e que o mercado não esta nem aí pra isso… rsrsrs. Sabe porque??? Porque se a pessoa quiser ser empregado; esse diploma valerá um pouco, ao menos para entrevista de emprego; somente.

    Aí se ele mostrar capacidade através de sua postura e argumentos; poderá ser empregado. Mas pra ficar, após ser chamado, terá que mostrar que realmente sabe por em pratica tudo que aprendeu. rsrssrs, viu??? Por exemplo, com certeza as empresas destes homens empresários/visionários/empreendedores; com certeza tem a frente na administração pessoas formadas em marketing, administração e outros (claro, a frente mesmo é o empresário, ele quem manda na gestão inteira).

    Por isso eu disse que concordo quase 100%. Porque no emprego, ele, o diploma; serve ao menos para chegar a entrevista de emprego.

    2ª parte) Agora como seu artigo tem ênfase para empresários e empreendedores; aí sim eu tenho que dizer: CONCORDO COM VOCÊ 100%.

    Sou formado em Administração em uma faculdade pública do meu estado. E sempre achei o maior absurdo um curso de Administração de Empresas não ter em sua grade curricular de 4 anos e meio; uma única disciplina de empreendedorismo.

    isso mesmo; não tem uma disciplina de empreendedorismo, gestão de vendas, atendimento ao consumidor etc… Tem algumas boas como recursos humanos, mas são abordadas de modo arcaico, obsoleto.

    Em fim, a faculdade prepara empregados, e nada além disso. Seu texto foi brilhante. É um pouco dolorido ler para aqueles que sentaram 4 anos ou 5 nos bancos das universidade e hoje o conteúdo adquirido através de esforço; ficou sem utilidade. Mas é realidade quando o assunto é empreender.

    Se formos pensar ao pé da letra, até mesmo para fazer um grande empregado, as faculdades vão ter que se reinventar.

    Aqueles que lerem o seu texto e discordarem, vão ter que esperar para aprender na pratica esta lição. Mas acho melhor analisar hoje do que arriscar os 4 anos ou 5. Isso pra quem quer entrar no mundo dos empreendimentos.

    Nossa, me estendi; espero não ter bagunçado meu raciocínio escrevendo muito. rsrss

    Vou parafrasear um amigo da internet:
    – #VocêTemGrandezaDentroDeVocê rsrs

    Abraço,
    Parabéns pelo ótimo texto

    🙂

  4. Tiago Simoes disse:

    Caraca Francisco, eu não contei, mas tô achando que seu comentário ficou maior do que meu artigo! 🙂
    Super obrigado em ceder seu tempo para colaborar com meu trabalho.
    Claro que a ideia desse conteúdo foi radicalizar um pouco porque o que vemos em nosso dia a dia é uma quase completa falta de informações das escolas em passar às pessoas pelo menos noções sobre empreendedorismo e gestão, como você bem apontou.
    Mas como eu disse, essa questão de “sucesso” é muito objetiva, pois cada pessoa tem dentro de si um significado diferente.
    Se a pessoa tem o desejo de se tornar um servidor público e consegue, então ela atingiu o sucesso.
    Se a pessoa tem o desejo de ser professor e consegue, então ela atingiu o sucesso.
    Se alguém quer ter uma formação em química para conseguir emprego em uma grande indústria e consegue, então ela atingiu o sucesso.

    E claro, não há nada de mal da pessoa querer ser funcionária de uma empresa, DESDE QUE esse seja seu objetivo.

    O grande problema que vejo é que somos educados desde cedo a pensar que a ÚNICA forma de “sermos alguém na vida” é se conseguirmos um emprego após fazer uma boa faculdade.

    É contra esse tipo de mentalidade que tento fazer com que as pessoas reflitam e entendam que há outros meios, inclusive que considero melhores.

    Nem preciso dizer que sua contribuição é sempre valiosa para mim e meus leitores, né?

    Um grande e fraterno abraço!

  5. Maria Anita disse:

    Olá , estou acompanhando este blog á um tempo e estou adorando seus artigos muito interessantes parabéns!

  6. Tiago Simoes disse:

    Obrigado Maria Anita 🙂
    Volte sempre.