Email Marketing: Dicas De Como Fazer De Uma Forma Que Funciona

O email marketing ainda é a forma mais certa de conseguirmos altos lucros com negócios online. Saiba como funciona e como fazer email marketing corretamente

Email Marketing - Dicas De Como Fazer De Uma Forma Que Funciona

O email marketing é uma das formas de marketing mais lucrativas que existem para pequenas, médias e grandes empresas e também para profissionais que trabalham com negócios online. Se você empreende em algum tipo de negócio pela internet e deseja maximizar seus resultados e consequentemente seus ganhos, você precisa ter uma estratégia de email marketing de uma forma que realmente funcione.

Uma recomendação muito importante que tenho a obrigação de dar a você é a seguinte: JAMAIS compre listas de emails de outras empresas ou de outras pessoas. Quando você envia emails para pessoas que não solicitaram suas informações você está fazendo spam e isso é péssimo para sua imagem, além de não trazer nenhum tipo de resultado positivo.

Para fazer uma campanha de email marketing que funcione, você precisa captar os dados das pessoas de forma que elas voluntariamente forneçam suas informações como email, nome, endereço. telefone e o que mais você achar necessário.

Eu tenho utilizado várias estratégias de email marketing nos meus negócios há muitos anos, principalmente para negócios de afiliados e posso garantir que é uma das ações de marketing mais poderosas que existem, desde que feita da maneira correta.

Nesse artigo vou comentar 8 dessas estratégias que utilizo e também alguns conceitos de email marketing responsivo para você também aplicar em seus negócios e ter excelentes resultados.

1 – Comece com um objetivo em mente

Antes de sequer começar a criar suas estratégias de email marketing, pare um pouquinho pra pensar em qual é o seu objetivo principal.

  • Porque as pessoas deverão se inscrever em sua lista?
  • Que tipo de produtos e serviços você irá vender a elas?
  • Quais são as “dores” dessas pessoas que você irá resolver?
  • Qual deve ser o seu público ideal?

Minha recomendação é que você tenha dois focos principais: Criar um relacionamento com as pessoas de sua lista e realizar vendas. Como estamos falando de negócios, não podemos “brincar” de empreender. Se não houver vendas, você não tem um negócio de verdade.

2 – Crie uma sequência matadora em seu autoresponder

Você precisa estar com uma sequência pronta em seu autoresponder para poder enviar a todas as pessoas que se inscreverem para receber suas informações. Essa sequência tem de estar totalmente focada em providenciar valor real a essas pessoas. Procure sempre resolver os problemas mais comuns que essas pessoas têm. Por exemplo, se você está promovendo um produto sobre emagrecimento, crie uma sequencia de emails que ensine algumas dicas de culinária saudável ou então uma sequência de exercícios para queimar gordura localizada.

Isso fará com que você tenha uma taxa de abertura de email bastante  elevada e, como consequência mais positiva, fará com que você comece a criar uma relação de confiança com seus subscritores.

A grande maioria das pessoas que trabalham com email marketing comete um grave erro. Elas simplesmente “metralham” as pessoas que se inscrevem em suas listas de emails com ofertas e mais ofertas de produtos. Só querem saber de vender a todo custo, sem dar nenhum tipo de valor e atenção às pessoas. E invariavelmente elas não conseguem ter bons resultados.

Como já disse em alguns artigos, as pessoas geralmente só compram de quem elas conhecem, gostam e confiam. Quando conseguimos dominar essa tríade do marketing, conseguimos vender qualquer coisa.

3 – Coloque um formulário de captura em seu blog

Uma das primeiras ações que recomendo que você faça é criar um formulário de captura de emails em seu blog para poder criar uma lista com bastante qualidade. O que?! Ainda não tem um blog? Então trate de criar um o mais rápido possível!

Muita gente acredita que a única maneira de se construir uma lista para email marketing é através da publicidade paga, mas isso não é verdade. Os primeiros 15.000 subscritores que tive em minhas listas vieram de forma totalmente gratuita através do tráfego dos meus blogs.

Recomendo que você crie banners chamativos para colocar na lateral do seu blog e também possibilidades das pessoas se inscrevem dentro do conteúdo que você cria. Eu, por exemplo, sempre crio chamadas para as pessoas se inscrevem em minha lista no meio dos meus artigos e também no final de cada um deles.

4 – Ofereça um incentivo para as pessoas se inscreverem

Apenas dizer para as pessoas se inscreverem em sua lista de email marketing não é o bastante. Hoje em dia as pessoas normalmente já estão inscritas em inúmeras listas e você precisa de ter um diferencial para que elas forneçam seus dados de contatos voluntariamente.

Muitos se perdem nessa questão e acham que é preciso dar uma isca digital complexa, mas isso não é verdade. Pense em QUALQUER coisa que possa resolver algum tipo de problema dessa pessoa. Pode ser um ebook simples e com poucas páginas ensinando o que ela pode fazer, pode ser um vídeo ou uma série de vídeos contando dicas importantes para essa pessoa, pode ser um áudio que você pode enviar com algum assunto de bastante interesse, pode ser um artigo de alto impacto, e muitas outras coisas.

Lembre-se de que a ideia é sempre focar em dar algo de qualidade e que ajudará as pessoas.

5 – Crie títulos que chamem a atenção das pessoas

Até que você comece a ter bastante influência para sua lista, é preciso que você crie títulos para seus emails que chamem bastante a atenção das pessoas, de forma que elas tenham vontade de clicar para ver o que você está falando.

Há algum tempos fiz uma experiência por curiosidade e comecei a brincar com os títulos dos meus emails. Enviei alguns emails com assuntos bizarros no título, como “Ei você”, ou “Como tão as coisas por ai?”. O resultado foi que as pessoas que já me acompanham continuaram a abrir os emails normalmente. Reparei com isso que, depois de um certo tempo, os assuntos não importam muito para as taxas de abertura de emails, desde que você sempre dê valor à sua lista e seja visto como um especialista e um amigo pelas pessoas.

Mas enquanto não se atinge esse patamar, é preciso focar em criar títulos que criem vontade nas pessoas de conferir a sua mensagem. Por isso, Inclua no assunto sempre palavras que você sabe que as pessoas se interessam.

6 – Use e abuse das redes sociais

As redes sociais são excelentes ferramentas para quem quer criar uma lista de email marketing, mas é preciso que se entenda algumas coisas importantes. Desculpe por ficar sempre batendo na mesma tecla, mas da mesma forma que já falei sobre isso anteriormente, as redes sociais servem para que possamos no socializar com as pessoas, ou seja… criar relacionamentos!

Por isso, nada de querer ficar apenas vendendo o seu peixe pelas redes sociais. O meu conselho é que você invista a maior parte do seu tempo nas redes sociais compartilhando assuntos interessantes, divertidos e informativos. E isso inclui conteúdos seus.

Eu costumo adotar a regra dos 80/20, ou seja 80% do meu tempo eu uso para publicar coisas variadas e apenas 20% das vezes que publico alguma coisa está relacionada com vendas.

Isso ajuda MUITO que nossos conteúdos tenham compartilhamentos e as pessoas comecem a nos enxergar como especialistas.

7 – Faça publicidade paga de qualidade

Para quem quer ter resultados imediatos com construção de lista para email marketing, sem dúvida alguma que a forma que mais aconselho é o uso de publicidade paga.

Existem literalmente milhares de maneiras de você investir em publicidade de qualidade para criar uma lista gigantesca de pessoas, mas a que mais recomendo pela facilidade é o Facebook Ads. Com essa plataforma você tem condições de segmentar muito bem a sua lista e fazer propaganda apenas às pessoas que você realmente deseja atingir. Você pode determinar qual o gênero, a faixa etária, a renda anual, a localidade, o idioma, os interesses e uma pancada de outras informações.

Por exemplo, como eu sempre promovo negócios de internet marketing, posso segmentar meu público de forma que minhas publicidades apareçam apenas para as pessoas que já são empresários e que se interessam por negócios e empreendedorismo. Isso ajuda muito nos custos e também na qualidade dos contatos que consigo.

Mas atenção: somente faça uso de publicidade paga para criação de listas de emails marketing se você já tem uma sequência programada em seu autoresponder, para que você consiga fazer vendas e poder arcar com os custos dessas publicidades. Se para cada dólar que você investe isso lhe retornar mais do que você está investindo, então continue e seja feliz 🙂

8 – Sempre faça chamadas de ação

A chamada de ação é uma tradução meio feia do inglês “call to action“. A ideia é que você sempre peça em seus emails para que as pessoas tomem algum tipo de ação, como por exemplo, deixar um comentário no blog, compartilhar um artigo e também clicar em um botão de compra.

Você não pode deixar “no ar” o que gostaria que as pessoas fizessem, você precisa instruí-las no que fazer.

Nem preciso falar que isso ajuda enormemente em suas vendas e também na interação de seus conteúdos.

Concluindo…

Só pra deixar claro se alguém não entendeu, o email marketing ainda é uma das ações mais importantes que devem ser feitas por todas as pessoas que querem realmente ganhar dinheiro com negócios online.

Foque seus esforços em criar uma lista de qualidade e você estará no caminho certo para sua independência financeira. Afinal, a lista de emails é o principal ativo de quem trabalha com internet marketing.

Um grande abraço pra você!

– Tiago Simões

 

Email Marketing: Dicas De Como Fazer De Uma Forma Que Funciona
Dê uma nota para esse artigo!

Sobre o autor | Website

Trabalho com marketing há mais de 10 anos e adoro as novas tecnologias. Se você quer aprender a ganhar dinheiro de verdade, inscreva-se no meu curso gratuito clicando aqui e pare de correr atrás de soluções mágicas que só fazem com que você perca tempo e dinheiro. Você aprenderá a ganhar muito dinheiro trabalhando com internet marketing, marketing de rede e programas de afiliados.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!