Desenvolvimento Pessoal Tiago Simoes

Você se Sente um Peixe Fora d’agua? Saiba Por Que Isso é Bom

Muita gente se sente um verdadeiro peixe fora d'agua e acha isso uma coisa ruim. Saiba porque esse sentimento pode ser na verdade bom.

Você se Sente um Peixe Fora d’agua? Saiba Por Que Isso é Bom

Eu me lembro muito bem na época em que eu estudava na escola que eu me sentia meio deslocado quando me comparava com meus colegas.

Me sentia um verdadeiro peixe fora d’agua.

Você deve saber como é essa sensação.

Parece que a gente está no lugar errado, com as pessoas erradas, fazendo coisas que não têm nada a ver conosco.

Confesso que me sentia até um pouco deprimido por conta disso.

Afinal, se todo mundo fazia sempre as mesmas coisas, aprendia as mesmas coisas e se sujeitava às mesmas coisas, deveria ser um sinal de que eu também deveria fazer como todo mundo.

Mas ao longo do tempo, depois de começar a estudar à fundo sobre desenvolvimento pessoal e principalmente biografias de pessoas que mudaram o curso da história, percebi que todos os grandes nomes foram pessoas incompreendidas que também não se encaixavam no status quo vigente.

Pense em nomes como Jesus Cristo, Sócrates, Copérnico, Newton, Thomas Edison e tantos outros.

Se você parar para pensar um pouquinho, certamente perceberá que todos eles foram pessoas diferentes, que até mesmo foram ameaçados e alguns até mortos por suas crenças e suas ações.

Mas no final das contas, eles foram responsáveis por grandes transformações na maneira com que pensamos e vivemos o nosso dia a dia.

Por isso, não há problema algum se você tem ideias, sonhos e objetivos que a maioria das pessoas que estão em sua volta não conseguem entender.

Não há problema algum em ser criticado por conta das coisas que você acredita serem certas pra você.

Afinal, porque você iria querer ser igual a todo mundo?

Por que você iria querer se encaixar em um sistema que praticamente cria seres que não conseguem mais pensar por si mesmos e obedecem sem questionar qualquer coisa?

Comece a pensar da seguinte maneira: A única forma de fazer a diferença em sua vida é sendo você mesmo diferente.

Faça mais do que os outros fazem.

Esforce-se mais do que os outros se esforçam.

Estude muito mais do que os outros estudam.

E sonhe muito mais do que os outros sonham.

Seja um peixe fora d’agua.

E tenha orgulho se ser quem você é.

Você se Sente um Peixe Fora d’agua? Saiba Por Que Isso é Bom
1 (20%) 1 voto

Sobre o autor | Website

Trabalho com marketing há mais de 10 anos e adoro as novas tecnologias. Se você quer aprender a ganhar dinheiro de verdade, inscreva-se no meu curso gratuito clicando aqui e pare de correr atrás de soluções mágicas que só fazem com que você perca tempo e dinheiro. Você aprenderá a ganhar muito dinheiro trabalhando com internet marketing, marketing de rede e programas de afiliados.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

2 Comentários

  1. Francisco disse:

    Tiago,

    O que tenho observado é que quando se torna rotineiro nos reunirmos com pessoas que pensam diferente d’agente, enfraquecemos nossos sonhos.

    – exemplo:

    Se o “Marcos” sonha em ser empreendedor de sucesso, mas na sua roda de amigo, churrasco do final de semana, todas as pessoas só falam em passar em concurso público, pagar o cursinho, quanto pagam de salário fixo em tal concurso; é certo que isso enfraquecerá o sonho de Marcos.

    Na consciência da pessoa parece que as escolhas dele são erradas.

    Então antes de chegarmos em um determinado nível, as vezes é bom evitar certos grupos.

    Claro, quando já estamos com muitos objetivos alcançados, e nosso MindSet formado, aí é como se já estivéssemos blindados.

    Antes, é bom em vez das reuniões, ler livros relacionados a nossas metas, ver vídeos, um bom filme. Em fim, coisas que fortalecem ainda mais nossos sonhos. Para que possamos ser mais firmes em nossas ações.

  2. Tiago Simoes disse:

    Oi Francisco, você matou a pau 🙂
    É por isso que, insistentemente, bato bato na tecla da importância de nos policiarmos com relação às nossas companhias.
    Claro que não podemos nos fechar ao mundo e nem deixar de frequentar certos eventos e reuniões simplesmente porque as pessoas pensam de forma diferente.
    Mas é bom tomar cuidado para que isso não vire uma rotina.
    Nutrir nossa mente com coisas boas é sempre uma ótima ideia.
    Super obrigado por sua excelente contribuição.
    Abração pra você.